A noite carioca em crise

5 abr

Todo mundo já está faaaaaaaaaaaaaarto de ir em clubes e festas cariocas e ver sempre as mesmas coisas, pessoas, músicas e situações. É claro, que tem exceções, como  a festa Moo, que em períodos trazem os mais variados deejays que todos nós gostamos levantando um público legal para a badalada Casas Franklin. No Rio de Janeiro, a coisa funciona assim: a casa abre e lota. Coisas boas, dançinhas, top dj e festa cool, mas depois, a mesmice volta a dominar, ou então,  a casa resolve fechar, do nada.

Os frequentadores assíduos da noite carioca resolveram utilizar umas das maiores redes socias, o Facebook para atingir empresários e donos de clubes como forma de manifesto. Páginas como “Volta 69″( famoso clube de Ipanema e conhecido pelas festas: I Love Pop, Moist e Bailinho) e ” Eu quero  a D-Edge no Rio” (clube paulista eleito um dos melhores do mundo) andam em alta, trazendo o povo que curte uma boa música, gente descolada e diversão. E lá você dá sugestões, troca informações e ainda faz amizade. A união faz a força, minha gente. Se joga por lá!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: